Suíno Preço Base
Cooper Central Aurora: R$ 3,00
Pamplona: R$ 3,00
BRF (Sadia/Perdigão): R$ 3,00
JBS Foods: R$ 3,10
+ Bonificação de Carcaça (Média da Bonificação 10%)

Ver Histórico

Bolsa de Suínos
Santa Catarina: R$ 3,10
São Paulo: R$ 3,68
Minas Gerais: R$ 4,10
Paraná: R$ 3,40

Ver Histórico

Mercado de Grãos - Santa Catarina
Milho: R$ 30,00 (Referência Copérdia)
Farelo de Soja: R$ 1,17

Ver Histórico

 
Links da Suinocultura
ABCS
ABIPECS
CANAL RURAL
CEPEA
CHEFF MUELLER
CIDASC
DESENVOLVIMENTO GOV.
EMBRAPA
FAESC SENAR/SC
FATMA
NOTÍCIAS AGRÍCOLAS
PÁGINA RURAL
PORKWORLD
PRESENTE RURAL
SAFRAS & MERCADO
SEC. DA AGRICULTURA
SUINO.COM
SUINOCULTURA INDUSTRIAL
SUINOS.COM.BR
TERRA VIVA
 
ou data:
NOTÍCIAS DE MERCADO
15/05/2017 às 9h45
Atualizada em 15/05/2017 - 09h50
Sul-coreanos visitam frigoríficos de Santa Catarina
Missão marca a última fase do processo de abertura do mercado sul-coreano antes da exportação de carne suína catarinense para o país asiático
Compartilhe esta notícia:


Sul-coreanos visitarão empresas de Santa Catarina

A partir desta terça-feira, 16, técnicos da Coreia do Sul irão inspecionar unidades produtoras de carne suína em Santa Catarina. As visitas de inspeção estrangeiras marcam a última fase do processo de abertura do mercado sul-coreano antes da exportação de carne suína catarinense para o país asiático.
 
Os sul-coreanos visitarão frigoríficos e unidades de processamento de carne suína da Pamplona Alimentos, em Presidente Getúlio, na terça-feira; da BRF, em Campos Novos, na quarta-feira, 17; da Cooperativa Central Aurora Alimentos, em Chapecó, na quinta-feira, 18; e da Seara Alimentos; em Seara, na sexta-feira, 19. Segundo o Secretário de Assuntos Internacionais, Carlos Adauto Virmond, a expectativa do Governo do Estado é muito positiva em relação às inspeções. “Estamos muito otimistas de que as unidades visitadas receberão a maior nota”, declarou Vimond.
 
O Secretário acredita que o processo de abertura do mercado sul-coreano seja concluído nos próximos meses com início das exportações ainda no segundo semestre deste ano. A Coreia do Sul é o quarto maior exportador de carne suína do mundo. “Isso pode representar um acréscimo de até 30% no volume de exportação de carne suína e derivados de Santa Catarina e, sem dúvida nenhuma, terá reflexos muito positivos em toda a cadeia produtiva catarinense”, prevê.
 
O status sanitário é o diferencial de Santa Catarina, de acordo com o Secretário de Estado da Agricultura e da Pesca, Moacir Sopelsa. “As exportações para mercados mais competitivos, como Japão e Coreia do Sul, provam que o nosso status sanitário diferenciado e a qualidade de nossos produtos trazem resultados efetivos, principalmente com a receita de nossas exportações. Todo o esforço dos produtores, setor público e iniciativa privada na busca da excelência sanitária está de fato gerando lucros”, ressalta Sopelsa.
 
A delegação da Coreia do Sul será composta de dois funcionários da Agência de Quarentena Animal e de Plantas e dois funcionários do Ministério de Segurança de Alimentos e Medicamentos. Na sexta-feira, 12, o grupo se reuniu com técnicos do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – Mapa, em Brasília. Um novo encontro com o mesmo grupo será realizado na quarta-feira, 24. Pelo lado catarinense, técnicos da Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina – Cidasc acompanharão as visitas e o corpo técnico da Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca estará à disposição para esclarecimentos.
 
A vinda dos técnicos da Coreia do Sul e a confirmação de que o país asiático irá comprar carne suína catarinense foram informadas ao Governador Raimundo Colombo em julho de 2016 pelas autoridades sul-coreanas em Seul. “A missão internacional de Colombo à Coreia do Sul foi decisiva para que a abertura daquele mercado ganhasse um impulso”, lembra o Secretário Virmond.
 
Na ocasião, os catarinenses retornaram com uma previsão de data para as inspeções em novembro daquele ano. A vinda foi suspensa por questões de política interna na Coreia do Sul. “O governo de Santa Catarina em parceria com a Embaixada do Brasil em Seul garantiu uma nova data para março deste ano”, diz Virmond. A agenda foi novamente cancelada devido à Operação Carne Fraca. “Santa Catarina agiu rápido para demonstrar a qualidade da sua produção e mantivemos acesso o interesse dos sul-coreanos pelos nossos produtos. Agora vamos recebê-lo certos de que seremos bem avaliados”, concluiu Virmond.

Fonte: Cidasc
 
Comentário
 
      Nenhum comentário para esta notícia!
Deixe seu Comentário para a notícia "Sul-coreanos visitam frigoríficos de Santa Catarina"
(*) - Todos os campos são de preenchimento obrigatório.
Seu Nome*:
Seu E-mail*:
(o email não será publicado)
Cidade*:
Estado*:
Comentário*:
  500 caracteres restantes.
Eu li e aceito as regras de publicação de comentários. VER REGRAS

VEJA TAMBÉM - Outras Notícias da Categoria NOTÍCIAS DE MERCADO
28/06/2017 - Dia Internacional do Cooperativismo
Os expressivos resultados em Santa Catarina demonstram que o Estado cumpre muito bem a mensagem implícita no tema do 95º Dia...
28/06/2017 - Santa Catarina tem produção recorde de soja
Produtores catarinenses colhem a maior safra de soja da história. A produção chegou a 2,4 milhões de toneladas, 13,4% a mais do...
27/06/2017 - Governador deve assinar decreto que reduz o ICMS
O deputado Natalino Lázare, em nome da Comissão de Agricultura, usou a tribuna da Assembleia Legislativa, nesta terça-feira, 27,...
27/06/2017 - Suíno: Exportação fecha parcial de junho com resultado positivo
Nesta semana, a pesquisa semanal da Acsurs (Associação dos Criadores de Suínos do Rio Grande do Sul), informou nova baixa de R$...
27/06/2017 - Safra 2017/2018: Sicoob Crediauc projeta orçamento de R$ 65 milhões
O Sicoob Crediauc – a maior Cooperativa de Crédito do Alto Uruguai Catarinense – manterá o apoio ao cooperado do setor rural, por...
27/06/2017 - Canal Rural entrevista o presidente da ACCS
Apesar da queda nos preços pagos ao produtor, as agroindústrias e cooperativas têm incentivando os produtores a aumentar...
26/06/2017 - Consumidor brasileiro está disposto a economizar
As crises política e financeira no Brasil aceleraram um processo de amadurecimento no padrão de consumo que já vinha ocorrendo de...
26/06/2017 - Ministério da Agricultura vai investigar vacinas e auditar frigoríficos
O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) vai investigar os motivos de reação causadas por vacina em bovinos e...
26/06/2017 - Pecuaristas gastam até 600 milhões por ano com vacina da aftosa
Sebastião Guedes, vice-presidente do Conselho Nacional de Pecuária de Corte (CNPC), afirma que o embarque de carne brasileira...
23/06/2017 - Suinocultura paranaense vai perder R$ 1 bilhão, avalia cooperativa
De acordo com informações da Revista Coopavel, o estado do Paraná tem encontrado dificuldades em ampliar as exportações devido às...
 
 
Rua do Comércio, nº 655
Centro, Concórdia / SC
CEP: 89700-089
Diretoria
Granjas de Material Genético
50 anos de ACCS
55 anos de ACCS
Relatórios Anuais
Frente Parlamentar
Núcleos e Associações
50 anos ACCS
55 anos ACCS
Rádio ACCS
TV ACCS
Notícias
Links da Suinocultura
Receitas
Newsletter
Agenda de Eventos
Previsão do Tempo
Galeria de Fotos
© - Ideia Good - Soluções para Internet