Suíno Preço Base
Cooper Central Aurora: R$ 3,10
Pamplona: R$ 3,10
BRF (Sadia/Perdigão): R$ 3,00
JBS Foods: R$ 3,10
+ Bonificação de Carcaça (Média da Bonificação 10%)

Ver Histórico

Bolsa de Suínos
Santa Catarina: R$ 3,80
São Paulo: R$ 4,21
Minas Gerais: R$ 4,30
Paraná: R$ 4,00

Ver Histórico

Mercado de Grãos - Santa Catarina
Milho: R$ 34,00 (Referência Copérdia)
Farelo de Soja: R$ 1,18

Ver Histórico

 
Links da Suinocultura
ABCS
ABPA
CANAL RURAL
CEPEA
CIDASC
CNA
EMBRAPA
FAESC SENAR/SC
FATMA
MAPA
MDIC
NOTÍCIAS AGRÍCOLAS
O PRESENTE RURAL
PÁGINA RURAL
PORKWORLD
SAFRAS & MERCADO
SEC. DA AGRICULTURA
SUINO.COM
SUINOCULTURA INDUSTRIAL
TERRA VIVA
 
ou data:
NOTÍCIAS DA ACCS
18/09/2017 às 11h34
Atualizada em 19/09/2017 - 08h05
Lideranças setoriais participaram do evento Conexão Transfronteiriça
Um dos objetivos é conseguir importar milho do Paraguai de forma mais rápida e com menos burocracia
1 Comentário
Compartilhe esta notícia:


Novo encontro está marcado para ocorrer em Chapecó

Interligar a Argentina, Brasil e Paraguai para que os países do Mercosul possam se desenvolver em áreas como comércio e tecnologia foi um dos grandes objetivos do evento Conexão Transfronteiriça, encontro realizado em Encarnación, no Paraguai, e que reuniu dezenas de lideranças setoriais. Um dos principais temas foi a criação da Rota do Milho, para que a região Oeste de Santa Catarina importe milho do Paraguai de forma mais rápida e com menos burocracia nas questões alfandegárias.
 
O milho importado por Santa Catarina de regiões produtiva do Paraguai é despachado por Foz do Iguaçu, aumentando o custo dos fretes. Mas pare que o produto chegue a solo catarinense em menos tempo e com um custo mais competitivo, a ideia proposta é que o cereal seja enviado por embarcações até Misiones, na Argentina e encaminhado para Dionísio Cerqueira, em Santa Catarina, através das rodovias.
 
“É possível fazer esse caminho. Falta melhorar a estrutura das balsas que farão a travessia dos caminhões de milho do Paraguai para a Argentina através do Rio Paraná. Há empresários interessados em fazer esses investimentos. Acredito que vamos reduzir a distância do milho em até 350 quilômetros”, destaca o Elestor Airton Albrecht, gerente comercial na Cooperativa Regional Auriverde.
 
 
De acordo com o secretário adjunto de Estado da Agricultura e da Pesca, Airton Spies, existe a possibilidade de reduzir em até cinco vezes o custo com frete do milho através da Rota do Milho. “O Paraguai tem condições de produzir milho em abundância e o nosso Estado precisa da matéria-prima para manter a competitividade do sistema produtivo de aves, suínos e gado leiteiro”.
 
A produção de proteína animal de Santa Catarina consome atualmente aproximadamente seis milhões de toneladas de milho, mas tem condições de produzir apenas metade do que necessita. Para combater o déficit, produtores e agroindústrias trazem o grão da região Centro-Oeste do Brasil, cuja distância média fica em torno de dois mil quilômetros. Com a consolidação da Rota do Milho, a distância entre o milho e os centros de consumo catarinenses ficaria em 500 quilômetros.
 
Conforme o governador da província de Itapúa, Federico Vergara, os três países precisam trabalhar de forma regional, de modo que o desenvolvimento econômico seja mais efetivo. “Precisamos que a conexão transfronteiriça seja mais flexível e permita o trânsito da produção dos países e que o intercâmbio cultural também seja encurtado”.
 
Alternativa viável
 
O analista de mercado de grãos Gabriel Manfrin Araldi afirma que a Rota do Milho é uma boa alternativa para escoar a produção de grãos do Paraguai. “Precisamos lembrar que a produção de milho fica mais ao norte do Paraguai, enquanto o forte da região sul é a produção de trigo. Mas essa abertura será positiva para os países, principalmente também no envio de fertilizantes para o Paraguai através da Fecoagro”.
 
Participação efetiva
 
O presidente da Associação Catarinense de Criadores de Suínos (ACCS), Losivanio Luiz de Lorenzi, também esteve no Paraguai para participar do evento Conexão Transfronteiriça e participar dos grupos setoriais de discussão. “É importante unir os três países que são complementares, já que são referências na produção de proteína vegetal e animal. Somos parceiros deste trabalho que visa melhorar a competitividade dos nossos suinocultores catarinenses, com um custo de produção melhor”.
 
Avanço nas parcerias
 
Na avaliação do coordenador do Sebrae na região Oeste, Enio Alberto Parmeggiani, os resultados positivos obtidos nas reuniões do evento Conexão Transfronteiriça é fruto do Plano de Desenvolvimento e Integração Fronteiriço do Estado de Santa Catarina (PEDIF), ação iniciada em 2012. Com a união entre o Governo do Estado, entidades e lideranças foi constituído o Núcleo Estadual de Integração da Faixa de Fronteira. “É importante dizer que todos que apostaram na proposta agora podem ver que a consolidação desse projeto está mais próxima”.
 
Agenda marcada em Chapecó
 
A agenda para debater a Conexão Transfronteiriça tem mais um encontro marcado entre os dias 29 de novembro e 1º de dezembro, em Chapecó, onde as autoridades do Mercosul devem se posicionar sobre os pleitos apresentados pelos representantes setoriais.

>>> CLIQUE AQUI PARA BAIXAR FOTOS DO EVENTO

Fonte: Tiago Rafael/ACCS
 
1 Comentário
 
Ricardo Bona comentou em 19/09/2017 as 11:29:59
Itauna | MG
Parabéns pela iniciativa pois somente unidos conseguiremos alcançar nossos objetivos.
Deixe seu Comentário para a notícia "Lideranças setoriais participaram do evento Conexão Transfronteiriça"
(*) - Todos os campos são de preenchimento obrigatório.
Seu Nome*:
Seu E-mail*:
(o email não será publicado)
Cidade*:
Estado*:
Comentário*:
  500 caracteres restantes.
Eu li e aceito as regras de publicação de comentários. VER REGRAS

VEJA TAMBÉM - Outras Notícias da Categoria NOTÍCIAS DA ACCS
16/10/2017 - Bolsa de suínos de SC completa um mês de estabilidade
A bolsa de suínos de Santa Catarina permanece estável por mais uma semana, sendo cotada nesta segunda-feira (16) a R$ 3,80 –...
06/10/2017 - Atual diretoria é reeleita na ACCS
Por 46 votos a 23, a chapa de situação venceu a eleição da Associação Catarinense de Criadores de Suínos (ACCS), que ocorreu nesta...
29/09/2017 - Certificação do SISBI-POA é entregue ao Frigorífico 3 Irmãos
Enquanto muitas regiões têm enfrentado dificuldades para superar o atual momento econômico do país, o município de Braço do Norte,...
22/09/2017 - TV ACCS: SuperAgro homenageia produtores de destaque
Em Seara, região Oeste de Santa Catarina, suinocultores e avicultores integrados à Seara Alimentos foram condecorados durante o...
19/09/2017 - Bolsa de suínos de SC tem reajuste de R$ 0,10
O valor de referência da bolsa de suínos de Santa Catarina teve alta nesta semana e foi fechado a R$ 3,80 nesta segunda-feira...
18/09/2017 - Advogado fala sobre o fim do Funrural
O advogado tributarista Nildo Pedrotti explica detalhes sobre a decisão do Senado Federal em acabar com a cobrança retroativa do...
18/09/2017 - Tributos cobrados aos suinocultores independentes são debatidos em reunião
​ Suinocultores, representantes da Associação Catarinense de Criadores de Suínos (ACCS) e o deputado estadual Natalino...
11/09/2017 - “Temos que pensar na carne suína como uma marca”
Natural de Orleans, Sul catarinense, Losivanio Luiz de Lorenzi é suinocultor desde a década de 1980 e graduado em Agronegócio....
05/09/2017 - Eleição da ACCS
Os membros da comissão eleitoral da ACCS receberam ontem (4) as inscrições das chapas que disputarão o processo eleitoral para...
04/09/2017 - Trabalho da ACCS é aprovado por 83,5% dos produtores no Extremo-Oeste de SC
Durante o 18º Seminário Regional da Suinocultura, evento realizado em Mondaí, na região Extremo-Oeste do Estado, a Associação...
 
 
Rua do Comércio, nº 655
Centro, Concórdia / SC
CEP: 89700-089
Diretoria
Granjas de Material Genético
50 anos de ACCS
55 anos de ACCS
Relatórios Anuais
Frente Parlamentar
Núcleos e Associações
50 anos ACCS
55 anos ACCS
Rádio ACCS
TV ACCS
Notícias
Links da Suinocultura
Receitas
Newsletter
Agenda de Eventos
Previsão do Tempo
Galeria de Fotos
© - Ideia Good - Soluções para Internet