Suíno Preço Base
Cooper Central Aurora: R$ 2,80
Pamplona: R$ 2,80
BRF (Sadia/Perdigão): R$ 3,00
JBS Foods: R$ 2,90
+ Bonificação de Carcaça (Média da Bonificação 10%)

Ver Histórico

Bolsa de Suínos
Santa Catarina: R$ 2,80
São Paulo: R$ 3,25
Minas Gerais: R$ 3,30
Paraná: R$ 3,20

Ver Histórico

Mercado de Grãos - Santa Catarina
Milho: R$ 44,40 (Referência Copérdia)
Farelo de Soja: R$ 1,59

Ver Histórico

 
Links da Suinocultura
ABCS
ABPA
CANAL RURAL
CEPEA
CIDASC
CNA
EMBRAPA
FAESC SENAR/SC
FATMA
MAPA
MDIC
NOTÍCIAS AGRÍCOLAS
O PRESENTE RURAL
PÁGINA RURAL
PORKWORLD
SAFRAS & MERCADO
SEC. DA AGRICULTURA
SUINO.COM
SUINOCULTURA INDUSTRIAL
TERRA VIVA
 
ou data:
NOTÍCIAS DA ACCS
26/01/2018 às 11h4
Vice-presidente da Faesc alerta para a importância da contribuição sindical
“Cada ano que passa nós temos menos gente no setor rural. Se nós não nos organizarmos, nós vamos perder espaço”, diz Enori Barbieri
Compartilhe esta notícia:


Enori Barbieri, vice-presidente da Faesc

A reforma trabalhista aprovada pelo Senado tornou opcional a contribuição sindical. Isso significa que os trabalhadores e as empresas não são mais obrigados a dar um dia de trabalho por ano para o sindicato que representa sua categoria.

A contribuição para os sindicatos era feita uma vez ao ano, obrigatoriamente, tanto para funcionários de empresas quanto para autônomos e liberais. Entre os trabalhadores, havia o desconto equivalente a um dia de salário. Esse débito era feito em abril, na folha referente aos dias trabalhados em março.

Para os empregadores, o imposto sindical também era obrigatório, mas com uma forma de cálculo diferente. Ele era cobrado sempre em janeiro, com base no valor da empresa no ano anterior. É calculado um percentual sobre o valor da empresa para determinar a quantia a ser paga como imposto sindical. Esse percentual diminui conforme aumenta o valor da empresa – ou seja, proporcionalmente, quanto menor a empresa, mais imposto era pago.

Com a reforma, O trabalhador paga o imposto sindical apenas se quiser. Se optar por fazer a contribuição, precisa informar ao empregador que autoriza expressamente a cobrança sobre sua folha de pagamento. A empresa só poderá fazer o desconto com a permissão do funcionário.

 
O vice-presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (Faesc), Enori Barbieri, reitera que a contribuição espontânea do produtor rural é importante para que a Federação continue tendo representação em defesa do setor. “Precisamos ter força para enfrentar as dificuldades políticas. O setor agrícola representa 29% do PIB em Santa Catarina, mas nós temos o menor orçamento. Cada ano que passa nós temos menos gente no setor rural. Se nós não nos organizarmos, nós vamos perder espaço”.

Fonte: Tiago Rafael/ACCS
 
Comentário
 
      Nenhum comentário para esta notícia!
Deixe seu Comentário para a notícia "Vice-presidente da Faesc alerta para a importância da contribuição sindical"
(*) - Todos os campos são de preenchimento obrigatório.
Seu Nome*:
Seu E-mail*:
(o email não será publicado)
Cidade*:
Estado*:
Comentário*:
  500 caracteres restantes.
Eu li e aceito as regras de publicação de comentários. VER REGRAS

VEJA TAMBÉM - Outras Notícias da Categoria NOTÍCIAS DA ACCS
21/05/2018 - Em assembleia, contas da ACCS são aprovadas por unanimidade
Representantes dos núcleos municipais e regionais da ACCS participaram na última sexta-feira (18) da Assembleia Geral Ordinária da...
18/05/2018 - CDG-ACCS é pauta do Globo Rural
A ACCS foi pioneira no melhoramento genético e em 1976 fundou a primeira Central de Sêmen suíno do país. Esta Central por muitos...
07/05/2018 - Série de vídeos da ACCS vai incentivar o consumo da carne suína
Preocupada em ampliar o consumo da carne suína no Brasil, a Associação Catarinense de Criadores de Suínos (ACCS) desenvolve em...
25/04/2018 - FUNRURAL E A AÇÃO COLETIVA DA ACCS
No início do ano saiu a Lei 13.606/18 reduzindo a alíquota do Funrural de 2,3% para 1,5%. E concedeu parcelamento dos débitos,...
20/04/2018 - Decreto 780 é revogado, mas notificações emitidas pelo Estado permanecem
Após a Associação Catarinense de Criadores de Suínos (ACCS) cobrar incansavelmente por vários meses, o Governo de Santa Catarina...
18/04/2018 - Presidente da ACCS avalia primeiros dias da missão na Alemanha
Em missão internacional na Alemanha, o presidente da ACCS, Losivanio Luiz de Lorenzi, participou de uma reunião com empresários...
1 Comentário
16/04/2018 - Presidente da ACCS participa de missão internacional na Alemanha
A convite da Câmara Técnica Brasil-Alemanha e do Sistema Faesc/Senar, o presidente da Associação Catarinense de Criadores de...
05/04/2018 - ACCS participa da primeira reunião dos núcleos municipais de 2018
A Associação Catarinense de Criadores de Suínos (ACCS) participou na noite de ontem (4) da primeira reunião dos núcleos...
28/03/2018 - Presidente da ACCS participa de audiência pública na Alesc
Há uma crise no abastecimento de milho no estado? Se existe, quais ações devem ser tomadas para equacioná-la? As questões tiveram...
27/03/2018 - Representantes da Caixa participam de reunião na ACCS
Representantes da Superintendência Regional Oeste da Caixa Econômica Federal estiveram na ACCS recentemente para apresentar suas...
 
 
Rua do Comércio, nº 655
Centro, Concórdia / SC
CEP: 89700-089
Diretoria
Granjas de Material Genético
50 anos de ACCS
55 anos de ACCS
Relatórios Anuais
Frente Parlamentar
Núcleos e Associações
50 anos ACCS
55 anos ACCS
Rádio ACCS
TV ACCS
Notícias
Links da Suinocultura
Receitas
Newsletter
Agenda de Eventos
Previsão do Tempo
Galeria de Fotos
© - Ideia Good - Soluções para Internet