Suíno Preço Base
Cooper Central Aurora: R$ 2,80
Pamplona: R$ 2,80
BRF (Sadia/Perdigão): R$ 3,00
JBS Foods: R$ 2,90
+ Bonificação de Carcaça (Média da Bonificação 10%)

Ver Histórico

Bolsa de Suínos
Santa Catarina: R$ 3,30
São Paulo: R$ 3,68
Minas Gerais: R$ 3,60
Paraná: R$ 3,30

Ver Histórico

Mercado de Grãos - Santa Catarina
Milho: R$ 44,40 (Referência Copérdia)
Farelo de Soja: R$ 1,62

Ver Histórico

 
Links da Suinocultura
ABCS
ABPA
CANAL RURAL
CEPEA
CIDASC
CNA
EMBRAPA
FAESC SENAR/SC
FATMA
MAPA
MDIC
NOTÍCIAS AGRÍCOLAS
O PRESENTE RURAL
PÁGINA RURAL
PORKWORLD
SAFRAS & MERCADO
SEC. DA AGRICULTURA
SUINO.COM
SUINOCULTURA INDUSTRIAL
TERRA VIVA
 
ou data:
NOTÍCIAS DE MERCADO
15/05/2018 às 8h1
Reabertura de plantas embargadas pela UE fica para dezembro
Representantes da ABPA estão confiantes na reabertura de mercado
Compartilhe esta notícia:

A reabilitação dos 20 frigoríficos do Brasil que foram embargados pela União Europeia só deverá ocorrer a partir de dezembro. Essa é a expectativa do Ministério da Agricultura. A Pasta aguarda a oficialização do embargo, o que tende a acontecer esta semana, para retomar as conversas com os técnicos da área sanitária do bloco europeu.
 
A estratégia de reação do Ministério da Agricultura começou a ser desenhada pelo ministro Blairo Maggi e sua equipe em reunião na última semana com representantes de empresas do setor como a BRF – que tem 12 plantas na lista do embargo – e as concorrentes Seara e Aurora.
 
Pelos planos do secretário de Defesa Agropecuária do ministério, Luís Eduardo Rangel, o Brasil também deve aguardar a visita de uma missão auditores do serviço veterinário europeu para inspecionar os frigoríficos embargados.
 
Ainda não há uma data oficial para essa visita, mas a previsão do Ministério da Agricultura é que ela aconteça em agosto. Só após essa visita técnica é que o governo começaria a convencer os europeus a habilitarem novamente os abatedouros vetados.
 
“A partir do deslistamento oficial começaremos um trabalho de reapresentação das plantas a começar por aquelas com planos de ação para correção mais robustos”, explicou Rangel ao Valor.
 
Segundo o secretário, é natural que os abatedouros mais adiantados no cumprimento das regras exigidas pela União Europeia voltem a vender primeiro. Mas o caminho para alcançar esse objetivo será árduo. Segundo fontes do ministério, a retomada depende muito mais de o Brasil reconquistar a confiança sobre o seu sistema sanitário perante os europeus do que meramente exigir que as empresas brasileiras reforcem seus controles sobre testes.
 
Do lado europeu, não há qualquer garantia de que a intenção do Brasil de começar a reabrir as unidades em dezembro prosperará. “Não tem como garantir que as exportações estejam aprovadas de novo até ao fim do ano. Desconhecemos tal cronograma”, afirmou um técnico da Comissão Europeia.
 
Um técnico do governo brasileiro a par das tratativas concorda que o processo de retomada das exportações não será simples. Para que isso aconteça, disse, os países-membros da UE precisam decidir a reabilitação das plantas por meio de nova votação. “Infelizmente, a expectativa realista é que as exportações não voltem em menos de dois anos”.
 
No setor privado, há mais otimismo. Para o vice-presidente de mercados da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Ricardo Santin, algumas plantas podem ser reaberta antes de dezembro. Segundo ele, o diálogo com os europeus tende a ganhar força a partir de meados de junho, quando o Brasil concluir as respostas às dúvidas adicionais dos europeus sobre a visita feita em fevereiro por técnicos do bloco a frigoríficos do Brasil.

Fonte: Valor Economico
 
Comentário
 
      Nenhum comentário para esta notícia!
Deixe seu Comentário para a notícia "Reabertura de plantas embargadas pela UE fica para dezembro"
(*) - Todos os campos são de preenchimento obrigatório.
Seu Nome*:
Seu E-mail*:
(o email não será publicado)
Cidade*:
Estado*:
Comentário*:
  500 caracteres restantes.
Eu li e aceito as regras de publicação de comentários. VER REGRAS

VEJA TAMBÉM - Outras Notícias da Categoria NOTÍCIAS DE MERCADO
14/08/2018 - Para Sociedade Rural, burocracia inviabiliza caça de javalis
A Resolução Conjunta SAA/SMA 1, publicada no Diário Oficial do Estado do Paraná, permite a caça desde que sejam apresentados dados...
14/08/2018 - Agro registra recorde de US$ 59,2 bi em vendas externas desde janeiro
As exportações brasileiras do agronegócio subiram de US$ 56,39 bilhões para US$ 59,2 bilhões entre janeiro e julho deste ano...
14/08/2018 - China muda dieta de aves e suínos para lidar com guerra comercial
A China busca soluções para atenuar o efeito negativo das tarifas sobre a soja americana, como mudar a dieta de suínos e frangos -...
13/08/2018 - ARTIGO – O mundo precisa da agricultura brasileira
A agricultura brasileira se expande, adota cada vez mais tecnologia e busca a sustentabilidade. Essa é uma das leituras possíveis...
13/08/2018 - FAEP reúne membros da cadeia de suínos para debater nova norma sobre bem-estar animal
O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) está com uma consulta pública aberta para que os setores da sociedade...
13/08/2018 - BRF divulga prejuízo de R$ 1,57 bilhão no 2º trimestre
A greve dos caminhoneiros e um menor valor agregado do mix de produtos comercializados, além dos efeitos da desvalorização...
10/08/2018 - Conab reduz estimativa para colheita de milho, mas eleva a de trigo
Problemas climáticos em regiões produtoras de Mato Grosso do Sul e do Paraná levaram a Companhia Nacional do Abastecimento (Conab)...
10/08/2018 - "A cooperativa precisa saber onde quer chegar"
Cooperativa forte, cooperado também, e vice-versa. Parece óbvio e é, mas nem sempre é real, principalmente em épocas...
10/08/2018 - Agroindústrias catarinenses terão plano de contingência
As indústrias de processamento de carne manterão, a partir deste ano, forte cooperação com a Polícia Militar e da Secretaria da...
09/08/2018 - Embargo russo expõe fragilidade da suinocultura brasileira
Em vigor há oito meses, o embargo da Rússia a carnes brasileiras expôs fragilidades da suinocultura brasileira. Praticamente...
 
 
Rua do Comércio, nº 655
Centro, Concórdia / SC
CEP: 89700-089
Diretoria
Granjas de Material Genético
50 anos de ACCS
55 anos de ACCS
Relatórios Anuais
Frente Parlamentar
Núcleos e Associações
50 anos ACCS
55 anos ACCS
Rádio ACCS
TV ACCS
Notícias
Links da Suinocultura
Receitas
Newsletter
Agenda de Eventos
Previsão do Tempo
Galeria de Fotos
© - Ideia Good - Soluções para Internet