Suíno Preço Base
Cooper Central Aurora: R$ 2,90
Pamplona: R$ 2,90
BRF (Sadia/Perdigão): R$ 3,00
JBS Foods: R$ 2,90
+ Bonificação de Carcaça (Média da Bonificação 10%)

Ver Histórico

Bolsa de Suínos
Santa Catarina: R$ 3,82
São Paulo: R$ 4,16
Minas Gerais: R$ 4,00
Paraná: R$ 3,90

Ver Histórico

Mercado de Grãos - Santa Catarina
Milho: R$ 42,10 (Referência Copérdia)
Farelo de Soja: R$ 1,45

Ver Histórico

 
Links da Suinocultura
ABCS
ABPA
CANAL RURAL
CEPEA
CIDASC
CNA
EMBRAPA
FAESC SENAR/SC
FATMA
MAPA
MDIC
NOTÍCIAS AGRÍCOLAS
O PRESENTE RURAL
PÁGINA RURAL
PORKWORLD
SAFRAS & MERCADO
SEC. DA AGRICULTURA
SUINO.COM
SUINOCULTURA INDUSTRIAL
TERRA VIVA
 
ou data:
NOTÍCIAS DA ACCS
01/10/2018 às 15h4
Atualizada em 01/10/2018 - 15h10
INVESTIR NO BRASIL OU NO PARAGUAI?
Presidente da ACCS compara as vantagens oferecidas pelos dos países aos empresários
Compartilhe esta notícia:


Losivanio Luiz de Lorenzi, presidente da ACCS

Durante análise semanal de mercado, o presidente da ACCS, Losivanio Luiz de Lorenzi, compara as oportunidades oferecidas para aos empreendedores o Paraguai e o Brasil. Ele lembra que, nos últimos anos, a cada 10 empresas constituídas em solo paraguaio, sete são brasileiras. “Hoje o Paraguai é um país seis vezes mais seguro que o Brasil. Esse já é um motivo forte para que os brasileiros mudem para a nação vizinha”.
 
Losivanio lembra também que o Paraguai tem a terceira maior frota de barcaça do mundo e o governo tem investido na duplicação das rodovias, fatores que contribuem na redução dos custos com frete. Hoje o empresário interessado em se instalar no Paraguai tem o benefício do imposto único, além de mão-de-obra em ascensão, já que a maioria da população é composta por pessoas com idade entre 20 e 35 anos.
 

Em companhia de empresário da região Oeste de Santa Catarina, o presidente da ACCS esteve recentemente em uma missão internacional no Paraguai, onde pode conhecer de perto todos os benefícios oferecidos pelo governo paraguaio. “Precisamos mudar muita coisa na nossa política para não perdermos nossas empresas para o Paraguai. Nossos empresários e trabalhadores não aguentam mais pagar altos impostos e bancar regalias aos governantes. O Paraguai mostra para nós que dá para fazer mais com menos”, analisa Losivanio.
 
CONHEÇA A LEI DE MAQUILA
 
Criada nos anos 1990, mais especificamente em 1997, a Lei de Maquila (n° 1.064/97), posteriormente regulamentada três anos após, pelo Decreto 9.585/2000, é um projeto paraguaio que visa atrair investidores estrangeiros para a inserção de suas empresas no país, por meio da criação de uma série de benefícios econômicos aos empreendedores de outros países, principalmente os brasileiros, por conta da proximidade geográfica dos dois países fronteiriços.
 
No que diz respeito à exportação, é cobrado somente um imposto, no valor de 1%, sobre o capital agregado. Isso significa que se uma empresa estrangeira, ao ser implementada no território paraguaio, investir R$ 500 mil reais para a produção de um bem e o vender por R$ 750 mil reais, o tributo só incidira sobre o lucro, ou seja, para os R$ 250 mil reais agregados após a venda.
 
MAIS VANTAGENS DA LEI DE MAQUILA
 
Possibilidade de comércio dos produtos dentro do Paraguai; Baixa inflação do país; Economia estável; Mão de obra mais barata; Instalação da empresa em qualquer parte; Não restrição das atividades que a organização irá executar (desde que estejam de acordo com as normas legais vigentes); Leis trabalhistas mais flexíveis (com cerca de 35% menos encargos sociais do que o Brasil); Valores reduzidos de energia (aproximadamente 70% menores que os brasileiros. Ideal para empresas que fazem uso elevado de recursos energéticos); Ampliação dos produtos para o mercado europeu (o Paraguai mantém acordo com a União Europeia, o que concede a ele um programa recheado com benefícios de exportação para a Europa).

Fonte: ACCS
 
Comentário
 
      Nenhum comentário para esta notícia!
Deixe seu Comentário para a notícia "INVESTIR NO BRASIL OU NO PARAGUAI?"
(*) - Todos os campos são de preenchimento obrigatório.
Seu Nome*:
Seu E-mail*:
(o email não será publicado)
Cidade*:
Estado*:
Comentário*:
  500 caracteres restantes.
Eu li e aceito as regras de publicação de comentários. VER REGRAS

VEJA TAMBÉM - Outras Notícias da Categoria NOTÍCIAS DA ACCS
14/12/2018 - Suinocultores participam de assembleia na ACCS
Suinocultores de várias regiões de Santa Catarina se reuniram em Concórdia nesta sexta-feira (14), para participar da assembleia...
13/12/2018 - Alesc aprova remissão de ICMS a suinocultores
Por unanimidade, os deputados aprovaram o PL 295/2018, do Poder Executivo, que trata da remissão de créditos do ICMS aos...
10/12/2018 - ACCS participa de evento na regional São Miguel do Oeste
Nos últimos dias o presidente da ACCS, Losivanio Luiz de Lorenzi, tem participado das festa de encerramento de ano nos núcleos...
29/11/2018 - Prefeitos de SC assinam termo de cooperação com o IBICT
Prefeitos da região Oeste e do Sul de Santa Catarina assinaram na tarde de hoje um termo de cooperação com o Instituto Brasileiro...
26/11/2018 - Associados participam de encontro anual da ACCS
De 23 a 25 de novembro, a ACCS realizou o VIII Encontro de Produtores de Material Genético do Estado de Santa Catarina. Durante o...
22/11/2018 - ALERTA!
➡ Devido ao agravamento dos casos de peste suína em vários países – e com o período de férias, época em que há uma...
16/11/2018 - Lei de Integração é pauta de reunião na ACCS
Sancionada em 2016, a Lei de Integração estabelece regras para o sistema de integração entre produtores rurais e indústria. O...
12/11/2018 - Representante da CNA ministra palestra sobre Lei de Integração
Nesta quarta-feira, dia 14, o consultor jurídico da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Dr. Thiago Moreira de...
05/11/2018 - Representante da CNA ministra palestra sobre Lei de Integração
No próximo dia 14, quarta-feira, o consultor jurídico da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Dr. Thiago...
05/11/2018 - Produtores de SC estranham não poder exportar para a Rússia
No último dia 31, o Jornal da Pecuária noticiou que a Rússia reabriu o mercado para a carne bovina e suína do Brasil. Entretanto,...
 
 
Rua do Comércio, nº 655
Centro, Concórdia / SC
CEP: 89700-089
Diretoria
Granjas de Material Genético
50 anos de ACCS
55 anos de ACCS
Relatórios Anuais
Frente Parlamentar
Núcleos e Associações
50 anos ACCS
55 anos ACCS
Rádio ACCS
TV ACCS
Notícias
Links da Suinocultura
Receitas
Newsletter
Agenda de Eventos
Previsão do Tempo
Galeria de Fotos
© - Ideia Good - Soluções para Internet