Suíno Preço Base
Cooper Central Aurora: R$ 3,20
Pamplona: R$ 3,20
BRF (Sadia/Perdigão): R$ 3,00
JBS Foods: R$ 3,10
+ Bonificação de Carcaça (Média da Bonificação 10%)

Ver Histórico

Bolsa de Suínos
Santa Catarina: R$ 3,93
São Paulo: R$ 4,53
Minas Gerais: R$ 4,40
Paraná: R$ 4,05

Ver Histórico

Mercado de Grãos - Santa Catarina
Milho: R$ 42,90 (Referência Copérdia)
Farelo de Soja: R$ 1,38

Ver Histórico

 
Links da Suinocultura
ABCS
ABPA
CANAL RURAL
CEPEA
CIDASC
CNA
EMBRAPA
FAESC SENAR/SC
FATMA
MAPA
MDIC
NOTÍCIAS AGRÍCOLAS
O PRESENTE RURAL
PÁGINA RURAL
PORKWORLD
SAFRAS & MERCADO
SEC. DA AGRICULTURA
SUINO.COM
SUINOCULTURA INDUSTRIAL
TERRA VIVA
 
ou data:
NOTÍCIAS DE MERCADO
28/02/2019 às 8h9
No Senado, Tereza Cristina diz que tentará destinar R$ 1 bi ao seguro rural no Plano Agrícola e Pecuário 2019/2020
Ministra afirma na Comissão de Agricultura e Reforma Agrária que vai trabalhar para melhorar a imagem do setor agropecuário junto aos brasileiros e que os alimentos produzidos no Brasil são absolutamente seguros
Compartilhe esta notícia:

Em depoimento na quarta-feira (27) na Comissão de Agricultura e Reforma Agrária do Senado, a ministra Tereza Cristina informou que tentará aumentar para R$ 1 bilhão a verba destinada pelo governo ao seguro-rural, que garante os produtores em caso de prejuízos na safra. A verba destinada ao seguro na safra 2018/2019 é de R$ 440 milhões. A ministra informou que a meta é obter junto à área econômica mais R$ 600 milhões. Com isso, o seguro-rural, que hoje atende a 42 mil produtores em todo o país, poderá passar a atender, segundo Tereza Cristina, cerca de 150 mil produtores.
 
“Se conseguirmos taxas de juros razoáveis e um seguro rural maior e mais robusto, teremos mais crédito disponível para os produtores”, disse a ministra. Ela também anunciou que está negociando com o Ministério da Economia uma verba maior para o crédito rural na safra 2019/2020. Para a atual safra foram destinados R$ 191 bilhões, além de R$ 30 bilhões para a agricultura familiar. A ministra explicou que esses recursos já se esgotaram, embora teoricamente a safra vá até junho, o que demonstra que o agronegócio está crescendo e os produtores estão investindo em ritmo cada vez mais acelerado. Segundo ela, para a próxima safra já está assegurado pela lei o mesmo valor da atual e mais 5% de correção, mas o Ministério da Agricultura está reivindicando verba maior.

 
“Estamos ousando mais”, disse a ministra. “Este governo tem um olhar diferenciado para o crédito rural”.
 
Na exposição aos senadores, ela também afirmou que o ministério está trabalhando para abrir novos mercados aos produtos brasileiros, porque o país tem potencial para produzir e exportar cada vez mais, com sustentabilidade e respeito ambiental, utilizando mais tecnologia para ganhos de escala na produção. Para isso, a ministra pediu apoio dos senadores no sentido de aprovar leis que podem facilitar a vida dos empreendedores. E também lembrou que há gargalos de infraestrutura que precisam ser superados (em portos, rodovias e ferrovias), pois eles aumentam os custos de produção e deixam a margem de lucro dos produtores cada vez mais apertada.
 
Imagem do setor
 
Tereza Cristina disse que vai trabalhar no Ministério da Agricultura para melhorar a imagem do setor agropecuário junto aos brasileiros, que considera deturpada. “Não é todo país que tem segurança alimentar igual ao nossos”, lembrou. “Precisamos mostrar que são homens e mulheres que trabalham pela nossa segurança alimentar. Há uma imagem deturpada do setor”, afirmou. No exterior, a imagem é melhor, acredita a ministra, já que o país é um dos maiores exportadores de alimentos do mundo.
 
Ao responder a uma pergunta sobre o uso de agrotóxicos no país, Tereza Cristina negou que os consumidores estejam recebendo alimentos contaminados, e observou que o Brasil não conseguiria exportar seus produtos agropecuários para 190 países, se houvesse qualquer dúvida a respeito da qualidade e da segurança dos alimentos produzidos no país.
 
“Todos podem ter a segurança de que os produtos que estão na mesa dos brasileiros são absolutamente seguros”, disse Tereza Cristina.
 
Segundo ela, análises são feitas para atestar todos os produtos, inclusive pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O Ministério da Agricultura não permitiria qualquer risco ao cidadão brasileiro.

Fonte: Mapa
 
Comentário
 
      Nenhum comentário para esta notícia!
Deixe seu Comentário para a notícia "No Senado, Tereza Cristina diz que tentará destinar R$ 1 bi ao seguro rural no Plano Agrícola e Pecuário 2019/2020"
(*) - Todos os campos são de preenchimento obrigatório.
Seu Nome*:
Seu E-mail*:
(o email não será publicado)
Cidade*:
Estado*:
Comentário*:
  500 caracteres restantes.
Eu li e aceito as regras de publicação de comentários. VER REGRAS

VEJA TAMBÉM - Outras Notícias da Categoria NOTÍCIAS DE MERCADO
19/03/2019 - Após meses de alta, preços do milho começam a cair
De acordo com os dados publicados pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), os preços do milho, que estavam...
15/03/2019 - Refis do Funrural alcança 6 mil produtores e entidades pedem extinção da dívida
A Receita Federal confirmou que apenas 6.043 produtores rurais aderiram ao Programa de Regularização Tributária Rural (PRR), o...
15/03/2019 - Estudo mostra que moscas podem transmitir o vírus da Peste Suína Africana
Um estudo realizado por cientistas dinamarqueses e financiado pelo Ministério do Ambiente e Alimentação da Dinamarca e pela...
14/03/2019 - Abates de bovinos e suínos cresceram em 2018, mas os de frango caíram
O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou nesta quinta-feira que os abates de bovinos somaram 31,9 milhões...
14/03/2019 - Estimativa de safra de grãos é de 233,3 milhões de toneladas
A safra de grãos 2018/2019 deve alcançar a marca de 233,3 milhões de toneladas, mantendo-se como a segunda maior registrada na...
13/03/2019 - Vice-governadora dá posse à presidente da Cidasc
Em ato realizado no auditório da Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina – Cidasc, em...
11/03/2019 - Diretor Técnico da DB Genética Suína, Geraldo Shukuri, participa da primeira edição do “Workshop & Bate Papo – APCS/CSP
A Associação Paulista dos Criadores de Suínos (APCS) e o Consórcio Suíno Paulista (CSP), promoveram, no dia 25 de fevereiro, em...
05/03/2019 - Gigantes chinesas de tecnologia estão mapeando suínos
Um banco de dados com a cara de todos os porcos chineses. Varreduras de voz detectam porcos com tosse. Robôs que fornecem apenas a...
04/03/2019 - ACCS busca parceria alemã para usinas de biogás
A Associação Catarinense de Criadores de Suínos (ACCS) está buscando investidores internacionais para a implantação de usinas de...
1 Comentário
01/03/2019 - Coreia do Sul habilita mais nove estabelecimentos brasileiros de exportação de carnes
A Agência de Quarentena Animal e Vegetal da Coreia do Sul (APQA) anunciou na quarta-feira (27) a habilitação de mais nove...
 
 
Rua do Comércio, nº 655
Centro, Concórdia / SC
CEP: 89700-089
Diretoria
Granjas de Material Genético
50 anos de ACCS
55 anos de ACCS
Relatórios Anuais
Frente Parlamentar
Núcleos e Associações
50 anos ACCS
55 anos ACCS
Rádio ACCS
TV ACCS
Notícias
Links da Suinocultura
Receitas
Newsletter
Agenda de Eventos
Previsão do Tempo
Galeria de Fotos
© - Ideia Good - Soluções para Internet