Suíno Preço Base
Cooper Central Aurora: R$ 3,20
Pamplona: R$ 3,20
BRF (Sadia/Perdigão): R$ 3,00
JBS Foods: R$ 3,10
+ Bonificação de Carcaça (Média da Bonificação 10%)

Ver Histórico

Bolsa de Suínos
Santa Catarina: R$ 3,93
São Paulo: R$ 4,53
Minas Gerais: R$ 4,40
Paraná: R$ 4,05

Ver Histórico

Mercado de Grãos - Santa Catarina
Milho: R$ 42,90 (Referência Copérdia)
Farelo de Soja: R$ 1,38

Ver Histórico

 
Links da Suinocultura
ABCS
ABPA
CANAL RURAL
CEPEA
CIDASC
CNA
EMBRAPA
FAESC SENAR/SC
FATMA
MAPA
MDIC
NOTÍCIAS AGRÍCOLAS
O PRESENTE RURAL
PÁGINA RURAL
PORKWORLD
SAFRAS & MERCADO
SEC. DA AGRICULTURA
SUINO.COM
SUINOCULTURA INDUSTRIAL
TERRA VIVA
 
ou data:
NOTÍCIAS DA ACCS
01/03/2019 às 9h52
Atualizada em 01/03/2019 - 10h03
Presidente da ACCS comemora habilitação de plantas frigoríficas para a Coreia do Sul
“Esperamos que haja uma melhora no preço pago para o suinocultor para que a gente pague as contas do passado e possa sonhar com lucratividade na atividade”, avalia Losivanio
Compartilhe esta notícia:


Losivanio Luiz de Lorenzi, presidente da ACCS

A Agência de Quarentena Animal e Vegetal da Coreia do Sul (APQA) anunciou na quarta-feira (27) a habilitação de mais nove estabelecimentos brasileiros para exportar carnes para seu mercado. Esses novos estabelecimentos habilitados já haviam cumprido com a etapa anterior, de autorização junto ao Ministério da Segurança dos Alimentos e Medicamentos (MFDS) daquele país. Dessa maneira, estão prontas para iniciar as exportações de carnes para o país.
 
As habilitações foram resultado de missão de auditoria realizada por autoridades sul-coreanas, em outubro do ano passado. Esses estabelecimentos autorizados se somam a quatro que já possuíam permissão para exportar ao país asiático. Das nove plantas habilitadas agora, cinco são de carne suína e quatro de aves.
 
Presidente da ACCS comemora
 
O presidente da ACCS, Losivanio Luiz de Lorenzi, comemora a liberação das plantas frigoríficas que poderão exportar aves e suínos para os sul-coreanos. “Santa Catarina tem um status sanitário diferenciado e por isso possui potencial para atingir mercados exigentes. O Frigorífico Catarinense e a Satiare Alimentos são plantas que compram de produtores independentes. Isso mostra que a nossa produção é de excelência, seja ela atrelada com as integrações ou não”.
 
Na avaliação de Losivanio, 2019 deve ser promissor para a suinocultura, minimizando as grandes perdas econômicas dos últimos três anos. “Esse trabalho de abertura de mercado é essencial para que os produtores consigam permanecer na atividade. Com a melhora do cenário econômico nacional, esperamos que haja um incremento no consumo de proteína animal. Esperamos que haja também uma melhora no preço pago para o suinocultor para que a gente pague as contas do passado e possa sonhar com lucratividade na atividade”.
 
Potencial de mercado
 

A Coreia do Sul importa cerca de 1,5 bilhão de dólares por ano em carne suína. Levando em consideração a fatia de 9% do mercado mundial do produto ocupada pelo Brasil, é estimado o potencial do mercado sul-coreano em 189 milhões de dólares com as novas plantas. No que se refere à carne de frango, o Brasil já ocupa uma posição privilegiada, respondendo por 85% das importações da Coreia do Sul. O valor das vendas brasileiras de carne de frango in natura para o país asiático chegou a 169 milhões de dólares em 2018.
 
Os serviços sanitários da Coreia do Sul são conhecidos por estarem entre os mais rigorosos do mundo. A habilitação de novas plantas reitera a demonstração de confiança das autoridades do país asiático na certificação brasileira e reforça o posicionamento do Brasil no exigente e lucrativo mercado sul-coreano.
 
Em 2018, Santa Catarina embarcou 1,19 mil toneladas de carne suína para a Coreia do Sul, gerando um faturamento de US$ 1,8 milhão. O país é também um grande consumidor da carne de frango produzida no estado. No último ano, foram 33,5 mil toneladas do produto exportadas, com receitas de US$ 59,9 milhões.
 
Plantas habilitadas
 

Das nove plantas habilitadas agora, cinco são de carne suína e quatro de aves. Em Santa Catarina, os frigoríficos autorizados para exportação de carne suína são: Satiare Alimentos de Xanxerê; Pamplona Alimentos de Rio do Sul; Frigorífico Catarinense de Grão Pará; Seara Alimentos de São Miguel do Oeste e Seara Alimentos de Itapiranga. E a Cooperativa Central Aurora de Maravilha está habilitada a vender carne de aves.

Fonte: ACCS, com informações do Mapa e da Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca
 
Comentário
 
      Nenhum comentário para esta notícia!
Deixe seu Comentário para a notícia "Presidente da ACCS comemora habilitação de plantas frigoríficas para a Coreia do Sul"
(*) - Todos os campos são de preenchimento obrigatório.
Seu Nome*:
Seu E-mail*:
(o email não será publicado)
Cidade*:
Estado*:
Comentário*:
  500 caracteres restantes.
Eu li e aceito as regras de publicação de comentários. VER REGRAS

VEJA TAMBÉM - Outras Notícias da Categoria NOTÍCIAS DA ACCS
18/03/2019 - Suinocultores participam de integração entre Brasil e Argentina
Suinocultores da região e o presidente da ACCS, Losivanio Luiz de Lorenzi, participam do evento transnacional Jornada Caminhos...
13/03/2019 - Representantes da Coasc e da Cargill participam de negociação
Sempre em busca dos melhores produtos e preços aos cooperados, representantes da Coasc e da Cargill participaram de uma importante...
11/03/2019 - Comitiva do Oeste catarinense participa de missão no Paraguai
Suinocultores catarinenses, empresários da região Oeste e a ACCS participaram na última semana da 19ª edição da Agro Show...
01/03/2019 - TV ACCS | Confira os principais destaques
A semana foi marcada por importantes compromissos para os representantes da ACCS. O presidente da entidade, Losivanio Luiz de...
27/02/2019 - ICMS de Santa Catarina repercute na abertura do Dia de Campo da Copercampos
Durante a abertura da 24ª edição do Dia de Campo da Copercampos, em Campos Novos, ocorrida na terça-feira passada, a...
20/02/2019 - Presidente da ACCS prestigia posse da nova diretoria da FPA
Na noite de terça-feira (19), o deputado Alceu Moreira (MDB-RS), recebeu da ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento,...
13/02/2019 - Presidente da ACCS apresenta pleitos da suinocultura na Alesc
O presidente da ACCS, Losivanio Luiz de Lorenzi, e o deputado estadual Altair Silva estiveram reunidos na manhã de hoje com o...
13/02/2019 - Coasc comemora 5 anos
Com o objetivo de amparar os suinocultores independentes, a ACCS fundou no dia 13 de fevereiro de 2014 a Cooperativa...
08/02/2019 - ACCS intermedia parceria entre produtores e empresas da Alemanha
Em parceria com Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha -- AHK, na sigla em alemão --, a ACCS está aproximando os...
07/02/2019 - Presidente da Embrapa visita unidade de Concórdia
O presidente da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Sebastião Barbosa, visitou nesta quinta-feira (7) a Embrapa...
 
 
Rua do Comércio, nº 655
Centro, Concórdia / SC
CEP: 89700-089
Diretoria
Granjas de Material Genético
50 anos de ACCS
55 anos de ACCS
Relatórios Anuais
Frente Parlamentar
Núcleos e Associações
50 anos ACCS
55 anos ACCS
Rádio ACCS
TV ACCS
Notícias
Links da Suinocultura
Receitas
Newsletter
Agenda de Eventos
Previsão do Tempo
Galeria de Fotos
© - Ideia Good - Soluções para Internet