ACCS - Associação Catarinense de Criadores de Suínos

Cozinha ACCS


CHORIPAN - URUGUAI

06/07/2018


Em cidades como Montevidéu, Punta del Este e Colonia del Sacramento, são encontrados pratos clássicos, muitos divididos com os vizinhos argentinos. Uma característica comum nos cardápios do país é o tamanho exagerado. Não dá para sair com fome de um restaurante uruguaio. Seja uma carne, um sanduíche ou uma porção de doce, as comidas típicas do Uruguai são quase sempre generosas. O choripan é composto basicamente de pão e linguiça. Dois ingredientes que combinam como nenhum outro no mundo. Em versões mais gourmet, vem temperado com picles, salsa criolla ou chimichurri, molho denso muito comum ao sul do Brasil.

Por ser um país pequeno, o consumo de carne suína no Uruguai não chega a ser tão significativo. Por ano, o mercado uruguaio consome algo em torno de 3,5% da carne suína produzida no Brasil. De modo geral, o consumo de carne de porco aumentou consideravelmente nos últimos anos e foi abastecido fundamentalmente pela importação, ao mesmo tempo em que se regista um retrocesso na produção nacional devido à alta competitividade do produto importado.

No Uruguai o consumo de carne suína por habitante cresceu 54% entre 2009 e 2014, sendo que a proteína representa cerca de 15% do consumo anual de cada uruguaio.

---

In cities like Montevideo, Punta del Este and Colonia del Sacramento, are found classic dishes, many shared with the Argentine neighbors. An usual characteristic in the country’s menus is the exaggerated size. You can’t leave an Uruguayan restaurant and still be hungry. Whether it’s a meat, a sandwich or a portion of sweets, the typical Uruguayan foods are almost always generous. The Choripan is composed basically of bread and sausage. Two ingredients that match like no other in the world. In more gourmet versions, it comes seasoned with pickles, salsa criolla or chimichurri, thick sauce very usual in the South of Brazil.

For being a small country, the consumption of pork in Uruguay doesn’t get to be that significant. Each year, the Uruguayan market consumes something around 3.5% of the pork produced in Brazil. In a general manner, the consumption of pork has increased considerably in the last few years and was fundamentally supplied by importation, at the same time that it is registered a retreat in the national production due to the imported products high competitiveness.

In Uruguay the consumption of pork by habitant grew 54% between 2009 and 2014, while this type of protein represents about 15% of the annual consumption of each Uruguayan.

Confira o vídeo







Parceiros

MAGNANI - IMPLEMENTOS PARA SUINOCULTURA
49 3452 2266
AGROCERES PIC - GENÉTICA DE SUÍNOS
(19) 3526-8580
EQUITTEC
(54) 3442-5666
COASC
49 3442 6158
49 8835 0275
SICOOB CREDIAUC
49 34411300
AGROCOASC
(49) 3442-6158
G&S AGRO INFORMÁTICA
49 3566-4381
Sky Sollaris
(49) 3442-0072
(49) 99912-8000
DB GENÉTICA SUÍNA
(34) 3818-2500
TOPGEN
(43)3535-1432

Newsletter

Fique por dentro das novidades.

Novidades no Whatsapp