ACCS - Associação Catarinense de Criadores de Suínos

Notícias


Brandenburg confirma cinco casos de PSA em javalis

O Laboratório Estadual de Berlin-Brandenburg detectou a peste suína africana (PSA) em cinco outros javalis na terça-feira

16/09/2020 às 09h41


Na terça-feira, o laboratório estatal Berlin- Brandenburg detectou a peste suína africana (PSA) em cinco outros javalis.
 
Os animais foram encontrados perto da comunidade de Neuzelle no distrito de Oder-Spree. Os sites estão todos na área ameaçada já definida. O ministério de proteção ao consumidor do estado de Brandenburg fez o anúncio.
 
Quatro javalis foram encontrados mortos e um animal que foi morto.
 
O material de teste das cinco carcaças ainda está sendo entregue ao laboratório nacional de referência do Instituto Friedrich Loeffler (FLI), que precisa confirmar a análise do laboratório estadual.
 
Os porcos mortos estavam na zona de exclusão anterior
 
A descoberta de mais javalis infectados com PSA confirma a preocupação de muitos agricultores de que a doença já se espalhou.
 
À tarde, o governo do estado informou sobre os últimos desdobramentos em entrevista coletiva.
 
A peste suína africana foi detectada na semana passada em um javali morto encontrado em Schenkendöbern, no distrito de Spree-Neisse.
 
Nesse ínterim, uma cerca elétrica móvel de 12 quilômetros foi instalada ao redor da zona central do local. O distrito de Spree-Neisse e os dois distritos adjacentes de Dahme-Spreewald e Oder-Spree são agora considerados uma zona de restrição.
 
De acordo com as autoridades, existem 15 mil porcos domésticos em 50 fazendas da região. A maior fazenda mantém cerca de 5.000 porcos. As fazendas estão atualmente proibidas de mover seus porcos, com exceções. Estes podem ser emitidos pelas autoridades veterinárias locais responsáveis.
 
Brandenburg espera mais casos de PSA
 
O governo estadual de Brandemburgo presumiu que mais animais foram afetados após o primeiro caso de peste suína africana. "Seria um milagre se ficasse um caso isolado", disse a ministra de Proteção ao Consumidor Ursula Nonnemacher (Verdes) antes que os outros casos em Potsdam se tornassem conhecidos.
 
"Não tivemos nenhum resultado positivo até agora, mas pode-se presumir de forma realista", disse Nonnemacher na tarde.
 
O animal infectado que foi descoberto na semana passada foi a carcaça de um riacho de dois a três anos que ficou ali por duas a quatro semanas. A epidemia é inofensiva para os humanos, mas os porcos se infectam e morrem.
 
A peste suína africana é provável que os agricultores e a indústria da carne tenham um impacto econômico considerável. Na verdade, haverá uma proibição de exportação de carne suína alemã para a maioria dos países exportadores fora da UE.
 
O pano de fundo para isso é que os certificados de exportação não podem mais afirmar que a Alemanha está “livre da peste suína”, de acordo com o Ministério Federal da Agricultura. Nesse ínterim, países-alvo importantes como China, Coréia do Sul e Japão também suspenderam formalmente as importações da Alemanha.
 
Como a localização do javali está dentro da zona de restrição definida, provavelmente não há agravamento da situação para os criadores de suínos alemães, estima o diretor administrativo da ISN, Dr. Torsten Resolve a situação. É até provável que mais carcaças sejam encontradas. A este respeito, agora é certo e importante realizar a busca do jogo de caso de forma intensiva e ao mesmo tempo perseguir consistentemente todas as medidas introduzidas, disse Staack.

Fonte: agrarheute.com



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Fique tranquilo que ele não será exibido junto ao comentário.







Veja Também









Parceiros

COASC
49 3442 6158
49 8835 0275
SINCOL S/A INDUSTRIA E COMÉRCIO
(49) 3561-5000
(49) 98809-7488
G&S AGRO INFORMÁTICA
49 3566-4381
AGROCERES PIC - GENÉTICA DE SUÍNOS
(19) 3526-8580
MAGNANI - IMPLEMENTOS PARA SUINOCULTURA
49 3452 2266
DB GENÉTICA SUÍNA
(34) 3818-2500
EQUITTEC
(54) 3442-5666
AGROCOASC
(49) 3442-6158
Sky Sollaris
(49) 3442-0072
(49) 99912-8000
TOPGEN
(43)3535-1432

Newsletter

Fique por dentro das novidades.

Novidades no Whatsapp

 
49 . 3442 0414
Rua do Comércio, nº 655
Centro, Concórdia / SC
89700-089

Atendimento:
Segunda à quinta: 07h30 às 12h e 13h30 às 18h.
Sexta-feira: 7h30 às 12h e 13h30 às 17h