ACCS - Associação Catarinense de Criadores de Suínos

Notícias


O controle da peste suína africana na China continua difícil

"A situação de controle e prevenção continua complicada e a tarefa continua difícil", disse Xin Guochang, representante do departamento de pecuária do Ministério de Agricultura e Assuntos Rurais da China

21/07/2021 às 08h47


Pequim está reconstruindo seu rebanho suíno depois que o vírus, detectado pela primeira vez na China em 2018, reduziu drasticamente a produção de suínos no principal mercado mundial.
 
Fontes da indústria disseram que novos surtos ocorreram no norte e nordeste da China no início deste ano. Novos surtos também foram detectados na província de Sichuan, no sudoeste, informou a Reuters.
 
"A situação de controle e prevenção continua complicada e a tarefa continua difícil", disse Xin Guochang, representante do departamento de pecuária do Ministério de Agricultura e Assuntos Rurais da China.
 
O risco de novos surtos persiste mesmo quando a situação geral da doença é estável, disse Xin a repórteres.
 
O rebanho chinês de 439 milhões de porcos no final de junho era de 99,4% do nível do final de 2017, com um rebanho de 45,64 milhões de porcas, 102% do nível do final de 2017, disse Zeng Yande, chefe de desenvolvimento e planejamento sob o ministério.
 
A recuperação na produção de suínos levou ao aumento do uso de milho, o principal ingrediente da ração, e elevou os preços dos grãos, disse Song Danyang, outro membro do Ministério da Agricultura, na mesma entrevista coletiva.
 
O fornecimento de milho está garantido e os preços provavelmente permanecerão altos e se estabilizarão antes da nova colheita no outono, com o aumento da chegada de milho, sorgo e cevada importados, disse Song.
 
Os produtores de rações também se voltaram para o trigo mais barato para substituir o milho na produção de rações.
 
O uso de ração para trigo na China deve permanecer relativamente alto, já que o grão mantém uma vantagem de preço sobre o milho, acrescentou Song.
 
Os preços do trigo na província central de Henan, uma das principais produtoras do grão, ficaram em 2.520 yuans (US $ 388,57) por tonelada na segunda-feira, superando o preço do milho em 2.910 yuans.

Fonte: Suinocultura Industrial



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Fique tranquilo que ele não será exibido junto ao comentário.







Veja Também









Parceiros

AGROCOASC
(49) 3442-6158
AGROCERES PIC - GENÉTICA DE SUÍNOS
(19) 3526-8580
G&S AGRO INFORMÁTICA
49 3566-4381
TOPGEN
(43)3535-1432
MAGNANI - IMPLEMENTOS PARA SUINOCULTURA
49 3452 2266
DB GENÉTICA SUÍNA
(34) 3818-2500
Sky Sollaris
(49) 3442-0072
(49) 99912-8000
EQUITTEC
(54) 3442-5666
COASC
49 3442 6158
49 8835 0275
SICOOB CREDIAUC
49 34411300

Newsletter

Fique por dentro das novidades.

Novidades no Whatsapp