ACCS - Associação Catarinense de Criadores de Suínos

Notícias


República Dominicana pede união contra a PSA

Na Conferência de Ministros da Agricultura das Américas de 2021, organizada pelo IICA, a República Dominicana e o Haiti informaram as ações que adotam para enfrentar essa doença que ameaça a indústria suína hemisférica, e até o momento presente apenas em fazendas dominicanas

06/09/2021 às 08h17


O Ministro da Agricultura da República Dominicana, Limber Cruz López, solicitou que os países das Américas unam esforços para enfrentar e prevenir a propagação da Febre suína africana (PSA) na região e que seja confiado ao Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA) o apoio e a execução de iniciativas para erradicar focos e conter a disseminação do vírus, que ameaça a indústria suína do hemisfério e a estabilidade econômica de pequenos e médios produtores do setor.

Cruz fez esse chamado na Conferência de Ministros da Agricultura das Américas de 2021, organizada pelo IICA, e explicou as ações adotadas por seu país após a detecção e notificação da PSA em seu país, em 29 de julho.

Ressaltou o intercâmbio de informações com o vizinho Haiti, cuja Diretora de Cooperação Internacional do Ministério da Agricultura, Recursos Naturais e Desenvolvimento Rural, Nadège Dorival Montissol, também expôs seus planos de contenção.

“Nosso Governo assumiu com profunda responsabilidade o enfrentamento dessa doença, a partir do gabinete agropecuário, presidido pelo Presidente da República, Luis Abinader, e estamos implementando o plano de contingência e erradicação da PSA com um enfoque integral, descentralizado e com ampla participação do setor privado”, manifestou Cruz.

“Estabelecemos uma série de conversas bilaterais com autoridades de diferentes países, com especial atenção ao intercâmbio recebido com o país irmão, Haiti. Bem como entramos em contato com organismos internacionais e solicitamos uma missão técnica de apoio formada pela Organização Mundial de Sanidade Animal (OIE), a FAO, o IICA e o Organismo Internacional Regional de Sanidade Agropecuária (OIRSA), que permaneceu 15 dias no país”, acrescentou o Ministro da Agricultura da República Dominicana.

Limber Cruz manifestou que a presença da PSA é uma questão de importância sanitária para todos os países, de modo que decidiu expor o tema na Conferência de Ministros da Agricultura das Américas, em cujo âmbito se reúne a Junta Interamericana de Agricultura, o órgão de governo máximo do IICA.

“Agradeço por toda a solidariedade recebida dos países irmãos e organismos internacionais, e solicito a aprovação de uma resolução pela qual se outorgue mandato ao IICA para que continue apoiando as ações necessárias para enfrentar a emergência e prevenir a PSA nos países das Américas”, ressaltou.

Nadège Dorival comentou que o Governo do Haiti decretou a proibição de importar porcos vivos e seus derivados da República Dominicana e acionou uma comissão interministerial encarregada da gestão do controle e prevenção da doença em seu território, pela Unidade de Proteção Sanitária e com o apoio da Representação do IICA no país, que apoiou a realização da análise de laboratório.

“O Ministério da Agricultura quer se antecipar e se adiantar frente aos diferentes cenários surgidos da natureza dos resultados de laboratório, priorizando três ações: uma vasta campanha de informações e de conscientização que será realizada por todo o país sobre uma provável reintrodução da PSA nos rebanhos suínos; dar prosseguimento às operações de detecção da doença no território nacional; e o estabelecimento de uma vigilância sanitária que abrange todos os atores do Estado e não estatais que intervêm no setor agrícola”, explicou a funcionária do Haiti.

“É indispensável que o Haiti e a República Dominicana tenham uma colaboração muito próxima para combater a doença, estou convencida de que posso contar com o acompanhamento técnico habitual do IICA na luta contra a peste suína africana no Haiti”, declarou Dorival.

A Diretora de Cooperação Internacional do Ministério da Agricultura do Haiti também se referiu à grave situação que o seu país enfrenta após o terremoto de 14 de agosto passado.

“É necessário um reordenamento e restaurações urgentes para garantir a produtividade das pequenas explorações agrícolas familiares no curto e no médio prazo. A implementação de infraestruturas hidroagrícolas representa uma maior prioridade no âmbito das próximas intervenções do Ministério, de modo que peço a sua solidariedade para com o povo haitiano e, em geral, para a comunidade agrícola rural, perante a qual o IICA sempre manifestou a sua presença”, disse a funcionária.

Concluiu seu chamado com uma lista de outras intervenções urgentes, como a reabilitação do habitat rural nas zonas afetadas, o reforço das capacidades produtivas, a reconstituição dos inventários de sementes, a reabilitação dos sistemas de irrigação, a restauração dos solos cultivados, a reabilitação das rodovias agrícolas e a restauração ambiental.

Fonte: Suinocultura Industrial



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Fique tranquilo que ele não será exibido junto ao comentário.







Veja Também









Parceiros

G&S AGRO INFORMÁTICA
49 3566-4381
MAGNANI - IMPLEMENTOS PARA SUINOCULTURA
49 3452 2266
Sky Sollaris
(49) 3442-0072
(49) 99912-8000
SICOOB CREDIAUC
49 34411300
DB GENÉTICA SUÍNA
(34) 3818-2500
AGROCERES PIC - GENÉTICA DE SUÍNOS
(19) 3526-8580
AGROCOASC
(49) 3442-6158
EQUITTEC
(54) 3442-5666
TOPGEN
(43)3535-1432
COASC
49 3442 6158
49 8835 0275

Newsletter

Fique por dentro das novidades.

Novidades no Whatsapp