ACCS - Associação Catarinense de Criadores de Suínos

Notícias


Mercado de carne suína da Rússia se prepara para excesso de oferta em 2022

A indústria suína russa provavelmente experimentará o maior aumento no desempenho da produção nos últimos 15 anos

14/01/2022 às 10h49


A produção de carne suína de peso vivo da Rússia deve crescer 600.000 toneladas em 2022, levando o país a um excesso de oferta. Essa previsão foi compartilhada por Yuri Kovalev, diretor geral da União Nacional Russa de Produtores de Carne Suína, delineada em uma conferência do setor na capital Moscou.
 
Até certo ponto, uma situação de excesso de oferta no mercado russo foi adiada pela Peste Suína Africana, que levou as autoridades veterinárias a abater quase 1 milhão de cabeças de porco em 2021, disse Kovalev. Acrescentou que, no contexto da pandemia de Covid-19, o consumo de carne suína russa aumentou ligeiramente, atingindo 27,9 kg per capita no ano passado, garantindo alguma procura adicional no mercado.
 
Setor de suínos mostra forte desempenho de produção
 
Kovalev continuou dizendo que a indústria suína russa provavelmente experimentará o maior aumento no desempenho da produção nos últimos 15 anos. O aumento previsto na produção em 600.000 toneladas promete tornar a concorrência no mercado russo mais acirrada.
 
Kovalev disse: “A abertura da China e de outros países do Sudeste Asiático para a exportação de carne suína russa agora é vista como a única oportunidade para mitigar as consequências negativas do excesso de oferta no mercado russo”.
 
Preços de suínos chegando ao fundo do poço
 
Em dezembro de 2021, o preço médio da carne suína na Rússia caiu abaixo do nível do ano passado, devido ao aumento da produção e à queda sazonal da demanda, mostrou uma análise do RUPP. O preço médio dos porcos vivos caiu para 96,8 rublos (US$ 1,26) por kg, enquanto o preço das meias carcaças ficou em 146,46 (US$ 1,90) rublos por kg.
 
A RUPP previu que a produção de carne suína russa cresceria 1% em 2021 em relação ao ano anterior para 4,9 milhões de toneladas. Kovalev disse que os preços da carne suína na Rússia provavelmente serão ainda mais baixos em 2022.
 
A introdução de cotas isentas de impostos pode ser um erro
 
Sergey Yushin, diretor executivo da União Nacional Russa de Carnes, disse à imprensa local que os preços já caíram abaixo dos custos de produção para algumas empresas de suínos russas.
 
Yushin também continuou dizendo que sob as novas condições de preços, os importadores russos poderiam abandonar a compra de carne suína no exterior sob o regime de duty free.
 
Em novembro de 2021, o Ministério do Desenvolvimento Econômico e da Agricultura da Rússia permitiram a importação com isenção de impostos de 200.000 toneladas de carne bovina em 2022 e 100.000 toneladas de carne suína no 1º semestre de 2022.
 
Em um comunicado recente, o Ministério da Agricultura da Rússia disse que em relação à carne suína, as cotas de isenção de impostos podem ser revisadas dependendo da dinâmica da produção e da situação dos preços.

Fonte: Pig Progress



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Fique tranquilo que ele não será exibido junto ao comentário.







Veja Também









Parceiros

DB GENÉTICA SUÍNA
(34) 3818-2500
G&S AGRO INFORMÁTICA
49 3566-4381
Sky Sollaris
(49) 3442-0072
(49) 99912-8000
AGROCOASC
(49) 3442-6158
AGROCERES PIC - GENÉTICA DE SUÍNOS
(19) 3526-8580
EQUITTEC
(54) 3442-5666
TOPGEN
(43)3535-1432
SICOOB CREDIAUC
49 34411300
MAGNANI - IMPLEMENTOS PARA SUINOCULTURA
49 3452 2266
COASC
49 3442 6158
49 8835 0275

Newsletter

Fique por dentro das novidades.

Novidades no Whatsapp