ACCS - Associação Catarinense de Criadores de Suínos

Notícias


Custos de produção de suínos se mantém estável

Dados fazem parte do levantamento da Embrapa Suínos e Aves

14/07/2022 às 08h39


Os custos de produção de frangos de corte caíram em junho segundo os estudos publicados pela CIAS, a Central de Inteligência de Aves e Suínos da Embrapa (embrapa.br/suinos-e-aves/cias). O Índice de Custo de produção de Frangos, o ICPFrango, baixou 2,61% no mês de junho em relação a maio, fechando em 423,50 pontos, o menor valor registrado em 2022. Já o ICPSuíno se manteve estável, oscilando 0,05% no mesmo período, marcando 419,91 pontos.
 
A queda no ICPFrango foi influenciada principalmente pelos custos com a nutrição dos animais (-2,46%) e com a aquisição dos pintinhos de um dia (-0,21%). O custo de produção do quilo do frango de corte vivo no Paraná, produzido em aviário tipo climatizado em pressão positiva, caiu R$ 0,15 em junho com relação a maio, chegando aos R$ 5,47. De janeiro até junho, o ICPFrango acumula alta de 4,95% e, nos últimos 12 meses, uma variação de 6,11%.
 
Já o ICPSuíno registrou um aumento com transporte (0,10%), mas que foi compensado com a queda de outros três itens que compõem os custos de produção. O custo total de produção por quilo de suíno vivo produzido em sistema tipo ciclo completo em Santa Catarina se manteve estável entre maio e junho, sendo de R$ 7,34. Nos primeiros seis meses do ano, o ICPSuíno acumula 4,84% de alta e, nos últimos 12 meses, 7,61%.

Fonte: Embrapa Suínos e Aves



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Fique tranquilo que ele não será exibido junto ao comentário.







Veja Também









Parceiros

G&S AGRO INFORMÁTICA
49 3566-4381
TOPGEN
(43)3535-1432
SICOOB CREDIAUC
49 34411300
DB GENÉTICA SUÍNA
(34) 3818-2500
AGROCERES PIC - GENÉTICA DE SUÍNOS
(19) 3526-8580
MAGNANI - IMPLEMENTOS PARA SUINOCULTURA
49 3452 2266
COASC
49 3442 6158
49 8835 0275
EQUITTEC
(54) 3442-5666
AGROCOASC
(49) 3442-6158
Sky Sollaris
(49) 3442-0072
(49) 99912-8000

Newsletter

Fique por dentro das novidades.

Novidades no Whatsapp