ACCS - Associação Catarinense de Criadores de Suínos

Notícias


Crescimento do setor agrícola impulsiona economia brasileira, aponta Rabobank

Relatório também destaca que a produção industrial apresentou queda, registrando um recuo de 0,6% em relação ao mês anterior

06/06/2023 às 07h50


O setor agrícola registrou um crescimento de 18,8% em relação ao ano anterior, superando as expectativas do mercado, que estimavam um crescimento de 9,0%, de acordo com a Análise de Macroeconomia do Brasil divulgada pelo Rabobank na segunda-feira (05). O desempenho positivo é atribuído à safra recorde de grãos, que ainda não foi completamente exportada, além do suporte proporcionado pelos programas de transferência de renda e pela queda da inflação. Com base nesses dados, o Rabobank revisou sua projeção de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) para 2023, elevando-a de 1,2% para 2,3%.
 
No entanto, o relatório também destaca que a produção industrial apresentou queda, registrando um recuo de 0,6% em relação ao mês anterior. Esse cenário demonstra sinais de enfraquecimento do setor industrial brasileiro, o que merece atenção das autoridades econômicas.
 
No âmbito fiscal, o setor público consolidado apresentou um superávit primário de R$ 20,3 bilhões, superando as expectativas. No entanto, a relação dívida bruta/PIB aumentou ligeiramente para 73,2%, enquanto a relação dívida líquida/PIB registrou um leve aumento, atingindo 57,2%. A análise traz uma projeção de crescimento dessas relações para 76,5% em 2023 e 79,2% em 2024.
 
No que diz respeito à inflação, o relatório destaca que o índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) continuou a mostrar dinâmicas de desinflação nos preços no atacado. Em maio, o IGP-M desacelerou 1,84% em relação ao mês anterior, devido à queda da inflação dos produtores, aliviando as pressões inflacionárias. A projeção do Rabobank para a inflação geral do IGP-M em 2023 é de 2,6%.
 
O relatório também ressalta que o mercado de trabalho brasileiro permanece forte e com baixo desemprego. A taxa de desemprego interrompeu três meses consecutivos de alta e fechou o trimestre encerrado em abril em 8,5%. Além disso, foram adicionados 180.000 empregos formais no mês de abril.
 
No que diz respeito ao comércio exterior, o saldo comercial continua crescendo, com um superávit de US$ 11,4 bilhões em maio. Esse resultado é resultado do aumento das exportações, impulsionado pela safra agrícola recorde, e da redução das importações, reflexo da desaceleração da economia.
 
Para a próxima semana, destaca-se o feriado nacional no dia 8 de junho, com os olhos voltados para o relatório do IPCA de maio, que deverá revelar uma inflação mensal de 0,33%. Além disso, espera-se o índice de inflação IGP-DI de maio, com uma projeção de -1,93% em relação ao mês anterior. Na região, o Banco Central do Peru deverá manter a Taxa de Referência em 7,75%, enquanto no Chile prevê-se uma desaceleração da inflação para 0,2% em maio, em comparação com 0,3% em abril.

Fonte: Suinocultura Industrial



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Fique tranquilo que ele não será exibido junto ao comentário.







Veja Também









Parceiros

DB GENÉTICA SUÍNA
(34) 3818-2500
TOPGEN
(43) 3535-1432
G&S AGRO INFORMÁTICA
49 3566-4381
EQUITTEC
(54) 3442-5666
AGROCERES PIC - GENÉTICA DE SUÍNOS
(19) 3526-8580
Sky Sollaris
(49) 3442-0072
(49) 99912-8000
MAGNANI - IMPLEMENTOS PARA SUINOCULTURA
49 3452 2266
AGROCOASC
(49) 3442-6158
COASC
49 3442 6158
49 8835 0275
PROTEC SAÚDE ANIMAL
(54) 98111-7825
(54) 99967-6510

Newsletter

Fique por dentro das novidades.

Novidades no Whatsapp